Entrevista do Mino para 1st Look

smtm4MOSTRE-ME O QUE VOCÊ TEM
Show Me The Money 4 permanece no centro das atenções e controvérsias. Apesar de muita coisa ter sido dita e das decepções que houveram, é fato que o verdadeiro valor do gênero, hiphop, está se espalhando ao público. Enquanto uns prendiam a respiração assim que assistiam os participantes eliminados, os doze que sobreviveram lançaram suas músicas. É lamentável que não haja tempo suficiente para ouvir as batidas repletas da paixão intocável dos integrantes.

O interesse da juventude hoje em dia é o hiphop, moda e música, definitivamente. Muitos adquirem vários elementos de hiphop e misturam com a cultura das ruas numa velocidade impressionante, e expressam isso de várias formas. Fazer do hiphop uma tendência é o papel principal do programa da Mnet, Show Me The Money.

Houve uma volta por cima por deixarem o verdadeiro valor da música chamada hiphop ser levado até o público no meio de tantos problemas e controvérsias desde a temporada 1 até a 4. Assim que cada episódio acaba, aparece em tempo real em sites de pesquisas, e as resenhas e comentários animados gritam Show Me The Money. Tiveram êxito em chamar a atenção dos leigos do hiphop com a batalha afiada de rappers, que lutam para serem os personagens principais no meio das controvérsias e comentários favoráveis nas histórias que eles desenham. Entre esses rappers, há um que não conseguia abrir seus olhos durante as performances devido à sua fobia de palco, o choro final de um rapper que escolheu sua família por um bem maior, e um com a ânsia de anunciar corajosamente remover e jogar fora seu glamour de idol.

Passando pelo primeiro round de eliminação que teve uma pessoa a cada setenta aprovadas, apenas 12 integrantes permaneceram. Firstlook encontrou os 12 guerreiros que sobreviveram no campo de batalha: Lil Boi, Microdot, Basick, Blacknut, Song Mino, SuperB, Andup, Innovator, Incredivle, JaMezz, Geegooin, Sik-k. O encontro com os rappers de individualidade transbordante foi certamente como um rap bem rápido, que nos encurralou sem a chance de respirar.

No estúdio, os tons das músicas que eles selecionaram ficaram tocando o dia todo, e seus movimentos eram impossivelmente livres e soltos. Não pediram por poses legais e expressões específicas. Apenas seguiram seus sentimentos, mostrando eles mesmos da forma que queriam. Assim como suas músicas, seus lados crus e verdadeiros foram o suficiente.

Rappers que elevaram a atmosfera do estúdio com seus lados provocativos e brincalhões se tornaram sérios assim que sairam de vista. Estavam completamente perdidos em seus respectivos raps e práticas. O estúdio se apressou com os que tinham fones de ouvido e estavam absorvidos pela batida. Eles não puderam se desfazer da tensão sobre o campo de batalha, não podendo deixar suas guardas baixas nem mesmo por um momento.

Quando esse photoshoot for lançado, novos participantes eliminados serão revelados. Nós não poderíamos ver ou sentir a paixão deles, o fato de colocarem o coração e a alma em cada verso de suas letras, palco e microfone.


Fonte: Mino Century
Tradução: winnerbrazil.com
Não retirar sem os devidos créditos

[fbcomments url="http://winnerbrazil.com/entrevistas/entrevista-do-mino-para-1st-look/" width="100%" count="off" num="5" countmsg="comentário (s)"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *